Governo de Andradina participa de discussão regional sobre inspeção na produção de alimentos

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em26/10/2016

Evento realizado pelo Ciensp e Amensp aos produtores e gestores da região foi destinado a divulgar o SIM (Serviço de Inspeção Municipal). Foto: Divulgação/Prefeitura

O Governo de Andradina esteve presente, na manhã desta terça-feira (25), no evento organizado pelo Ciensp (Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste de São Paulo) e Amensp (Associação dos Municípios do Extremo Noroeste do Estado de São Paulo), realizado na Câmara Municipal que teve como principal objetivo apresentar aos produtores a importância da implantação do serviço SIM (Serviço de Inspeção Municipal).

O SIM vem para garantir um maior controle de inspeção de toda a produção de alimentos de origem animal nos municípios pertencentes às associações. A Ciensp e Amensp são compostos pelos 16 municípios do Extremo Noroeste, como Andradina, Bento de Abreu, Castilho, Guaraçaí, Guararapes, Ilha Solteira, Itapura, Lavínia, Mirandópolis, Murutinga do Sul, Nova Independência, Pereira Barreto, Rubiácea, Sud Menucci, Suzanápolis e Valparaíso.

O encontro reuniu profissionais da área técnica do Ciensp, profissionais do Itesp (Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo), do Cati (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral), da Apta (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios), dos técnicos da Secretaria de Agricultura, médicos veterinários e produtores rurais.

Representando o prefeito Jamil Ono (PT), o vice-prefeito Dr. Charles Kobayashi (PSD), comentou a importância do SIM, e de aderir a ele quanto à manipulação de alimentos, dando aos nossos produtores e principalmente aos consumidores ainda mais segurança.

“A nossa região tem uma vasta produção diversificada de alimentos, e o SIM, que é um modelo para o estado, vem para dar mais garantias ao setor produtivo”, citou Dr. Charles.

André Bonnet, que esteve representando o superintendente do Ministério da Agricultura, Francisco Jardim, Aldo Resende Fernandes, técnico do Sebrae, Eduardo Berchiol da Silva, o gerente de relacionamentos do Banco do Brasil e Luciane Gonçalves Godói do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) foram o palestrantes do evento que apresentaram informações sobre o SIM a todos os presentes.

O SIM vem complementa o trabalho que é feito de fiscalização pela Secretaria de Agricultura Estadual e pelo SIF do Ministério da Agricultura. A intenção é controlar a qualidade dos produtos de origem animal, como embutidos cárneos, queijo, ovos, mel e doces, monitorando e inspecionando a sanidade do rebanho, o local e a higiene da industrialização, certificando com selo de garantia de todos estes produtos.

Ao mesmo tempo em que incentiva as pequenas empresas e empreendedores a saírem da clandestinidade, transforma os empresários da área urbana e rural, ainda oferece aos consumidores do município ao qual foi produzido, região a que se limita ser vendido os alimentos, com qualidade e segurança garantida e ainda ganham confiabilidade dentro da proposta apresentada pelo Ciensp.

Ainda estiveram presentes o presidente do Ciensp, Marcos Yguchi, o presidente da Amensp Edenilson de Almeida, diretor regional do Sebrae, Marco Aurélio Rosas, o coordenador do Colegiado de Desenvolvimento territorial Professor Cory – Codeter, Diego de Oliveira Paz, Affonso dos S. Marcos, E.D.A (Escritório de Defesa Animal) e prefeitos da região dos consórcios, a coordenadora geral do Ciensp Rose Francé, a integrante do Grupo Técnico do Ciensp, Isabel Cristina de Souza, e os secretários de Esportes, Lazer e Juventude, José Henrique Pastorelli que também faz parte do Grupo Técnico e de Agricultura e Abastecimento Nino Spegiorin.

Compartilhar:

Veja Mais