Cuidado: golpistas criam sites falsos com ofertas de TV para a Copa

Fonte: Veja.com, em22/05/2018

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: Dica de leitura: SCRUM: A arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo. Compre agora!

Quando a esmola é demais, é melhor desconfiar. Esse ditado nunca se mostrou tão atual como nos dias de hoje. A Kaspersky Lab, empresa de cibersegurança, identificou um novo golpe na praça relacionado à proximidade da Copa do Mundo. É a criação de falsos sites com a mesma identidade visual de varejistas tradicionais, como Casas Bahia, Pontofrio e Magazine Luiza.

Nas páginas falsas são ofertadas TVs com preço muito abaixo do de mercado. Uma smart TV de 32 polegadas da Samsung, por exemplo, aparecia por 499 reais no site falso do Walmart. Nas lojas verdadeiras, o aparelho é vendido por 1.000 reais, em média. Na página falsa das Casas Bahia, uma TV 4K de 55 polegadas era ofertada por 1.500 reais. No site oficial, a TV custa 3.100 reais.

Segundo a Kaspersky, os cibercriminosos registram domínios na internet parecidos com os das lojas verdadeiras e compram anúncios nas redes sociais para enganar os internautas, causando-lhes prejuízo financeiro. Entre os domínios registrados pelos golpistas aparecem www.walmartnacopa.com, www.submarinonacopa.com; www.americanastv4k.com e www.casasbahiatvs.com.

Os nomes quase sempre são sugestivos e parecidos com os verdadeiros de grandes redes varejistas. Depois de registrar o domínio, os criminosos tentam atrair vítimas por meio da compra de anúncios ou envio de e-mails parecidos com os dos varejistas verdadeiros.

Quem clica em um desses anúncios é direcionado para o site falso, que pede dados pessoais da vítima para concluir a suposta venda. As formas de pagamento oferecidas serão sempre cartão de crédito ou boleto. O cartão de crédito será clonado e a vítima nunca receberá o produto.

Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab, diz que ataques como esses — chamados de phishing — costumam aumentar na época que antecede a Copa. “Os criminosos seguem as tendências e, geralmente, costumam oferecer em seus golpes produtos bastante procurados.”

A dica para não cair nesse tipo de golpe é sempre verificar o nome do domínio, pois é comum o registro de domínios que usam o nome de marcas famosas e já conhecidas no mercado mas mudando uma letra. Outra dica é não confiar totalmente no site que possui conexão SSL (o cadeado de segurança), pois geralmente sites fraudulentos o exibem. Saiba que o fato de um site exibir o cadeado não significa que seja legítimo.

Outra recomendação é descobrir quem é o dono do site e consultar a lista negra de vendedores da internet do Procon.

Mas a recomendação mais útil é desconfiar sempre de preços muito abaixo do de mercado. “Se encontrar uma oferta assim, segure seu impulso de compra e veja antes se o site é verdadeiro ou não, e compare o preço com os de outros sites. Na dúvida, é melhor não comprar”, afirma a empresa de segurança.

A Kaspersky também sugere desconfiar de mensagens SMS e anúncios no Facebook. “Duvide de supostas ofertas recebidas por SMS. Para confirmar se a oferta exibida na rede social é real, abra o navegador, vá até o site do varejista e busque o produto anunciado”, diz a empresa de segurança. Por fim, a dica é sempre contar com um software de proteção que faça o bloqueio de sites de phishing.

Compartilhar:

Veja Mais