Crea-SP realiza força-tarefa de fiscalização em Andradina e região

Da redação com assessoria de imprensa, em02/06/2022
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Entre os dias 06 e 10 de junho, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP) realiza a força-tarefa de fiscalização em sete municípios na região de Andradina. Com caráter orientativo e preventivo, a ação tem como foco assegurar a presença de profissionais habilitados à frente das atividades abrangidas pelo Conselho para garantir a segurança da população.

Estão previstas cerca de 70 diligências em Andradina, Mirandópolis, Guaraçaí, Lavínia, Murutinga do Sul, Castilho e Nova Independência. Nesta ação, cinco agentes fiscais identificados atuam em empresas sem registro ou responsável técnico, prestadores de serviços, usinas geradoras de energia elétrica e denúncias enviadas pelos canais de atendimento do Conselho.

“Seguimos com o nosso foco em levar conhecimento, segurança e proteção à região. As operações realizadas pelo Crea-SP são fundamentais para conscientização sobre a necessidade de contar sempre com profissionais habilitados à frente das atividades das profissões abrangidas pelo Conselho”, pontua o gerente regional do Crea-SP, Eng. Osmar Junior.
 

Balanço do primeiro trimestre 

O Crea-SP encerrou o primeiro quadrimestre de 2022 com mais de 111 mil ações de fiscalização em todo estado de São Paulo e, até o final do ano, o objetivo é chegar a 400 mil ações.

Em 2021, o Crea-SP realizou 292 mil ações de fiscalização em todo território paulista, superando em mais de 45% a meta estabelecida. Foi um recorde histórico. De 2015 a 2021, as fiscalizações do Conselho aumentaram cerca de 900%. O crescimento se deve ao uso das tecnologias para apoio às atividades, com pesquisas e apurações remotas, antes dos agentes fiscais irem a campo, e à adoção do modelo das forças-tarefas no Estado.

Denúncia 

O Crea-SP abre canais em todas as unidades de atendimento para o registro de queixas, além do site; dos telefones 0800 017 18 11 ou 0800 770 27 32 e do e-mail: faleconosco@creasp.org.br.

São infrações à legislação profissional: a ausência de responsável técnico em projetos, execuções ou prescrições; obras clandestinas; falta de placa na obra ou de identificação de responsável em atividades sujeitas à fiscalização; produção irregular de material ou insumo aplicáveis na Engenharia, Agronomia e Geociências; e outras situações relacionadas à violação do exercício técnico.

Sobre o Crea-SP - Instalada há 88 anos, a autarquia federal é responsável pela fiscalização, controle, orientação e aprimoramento do exercício e das atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências. O Crea-SP está presente nos 645 municípios do Estado, conta com cerca de 350 mil profissionais registrados e 95 mil empresas registradas. 

Compartilhar:
Facebook Tweet

Veja Mais