Sesi Araçatuba entrega óculos inteligente para alunos com baixa visão

Da redação com Folha da Região de Araçatuba, em09/05/2022
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Sempre em busca das melhores soluções para promover a equidade, o Sesi São Paulo investiu em um recurso de tecnologia assistiva para proporcionar maior autonomia em atividades de leitura aos seus alunos cegos ou com baixa visão. Trata-se do OrCam MyEye, dispositivo que, acoplado à armação dos óculos, faz o escaneamento e transforma textos de qualquer superfície em áudio, além de reconhecer rostos e produtos. Na escola Sesi de Araçatuba, três alunos foram contemplados.

Para a supervisora técnico educacional do Sesi São Paulo, Daniela Berbel, a possibilidade de acessar conteúdos escritos, identificar rostos ou reconhecer produtos por meio desta tecnologia gera maior engajamento do aluno com o seu processo de aprendizagem. “Amplia de forma significativa a inclusão educacional e social das nossas crianças e adolescentes com cegueira ou baixa visão”, ressaltou a especialista sobre o equipamento que ficará em posse dos alunos até a conclusão dos estudos no Sesi. Em toda a rede escolar, formada por 142 escolas, 31 estudantes utilizarão o recurso.

Para garantir a privacidade dos estudantes em momentos de estudos em sala de aula, por exemplo, estes receberam da instituição fones de ouvido bluetooth.

Nossa perspectiva educacional é de que precisamos remover as barreiras para a aprendizagem de todos os alunos. No caso dos cegos ou com baixa visão, essa ferramenta potencializa o desenvolvimento deles da mesma forma que todos os alunos de sua turma”, declarou o gerente executivo de educação do Sesi São Paulo, Roberto Xavier.

O equipamento OrCam MyEye foi adquirido via a empresa Mais Autonomia, representante exclusiva deste equipamento no Brasil. Cada equipamento custou em média 14 mil reais. Nossa perspectiva educacional é de que precisamos remover as barreiras para a aprendizagem de todos os alunos. No caso dos cegos ou com baixa visão, essa ferramenta potencializa o desenvolvimento deles da mesma forma que todos os alunos de sua turma”, declarou o gerente executivo de educação do Sesi São Paulo, Roberto Xavier. O equipamento OrCam MyEye foi adquirido via a empresa Mais Autonomia, representante exclusiva deste equipamento no Brasil. Cada equipamento custou em média 14 mil reais.

Compartilhar:
Facebook Tweet

Veja Mais