Divulgação

Divulgação

  • folhadaregiao.com.br
  • 11/01/2022

Araçatuba ainda tem 3,1 mil eleitores que não fizeram registro de biometria

Dos 131.678 eleitores de Araçatuba, 3.121 ainda não registraram a biometria. O prazo pra regularização vence no dia 4 de maio. Os dados foram levantados pela reportagem da Folha da Região com base nos dados disponibilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Os números mais recentes são do dia 31 de dezembro do ano passado.

A falta de atualização dos dados afeta também eleitores de outros municípios. A reportagem da Folha apurou que em Andradina, por exemplo, dos 39.235 eleitores, 892 ainda precisam registrar a digital. Em Birigui, ainda precisam atualizar o cadastro, 1.555 das 77.244 aptas a votar nas eleições deste ano. No município de Penápolis, são 919 votantes que precisam registrar o novo sistema de identificação. A cidade tem 37.671 eleitores.

De acordo com o Tribunal, o registro da biometria pode ser feito pela internet, com o sistema Título Net. O eleitor deve instalar o aplicativo, que está disponível para Android (Google Play) e iOS (APP Store), e informar o número do título, data de nascimento, seu nome e o do pai e da mãe. O e-Título traz também a foto do eleitor que fez recadastramento biométrico, quando são capturadas a imagem e as impressões digitais.

 PRAZO

 Tanto o registro da biometria, como o alistamento para obter o primeiro Título de Eleitor, dever ser feita até o dia 4 de maio. Não haverá adiamento. A data é estipulada pela Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97 – artigo 91), que prevê o fechamento do Cadastro Eleitoral 150 dias antes de cada pleito. Durante esse período, o cidadão poderá resolver pendências como transferência de domicílio eleitoral ou outras decorrentes de ausência ou justificativa nas três últimas eleições.

Portanto, para evitar contratempos, é importante se antecipar (nos últimos dias, é alta a procura pelo serviço) para quitar eventuais débitos e poder exercer o direito de participar da escolha dos próximos deputados estaduais, deputados federais, governadores, senadores e presidente da República. A votação em primeiro turno ocorrerá no dia 2 de outubro, e o segundo turno, se houver, em 30 de outubro.

 DOCUMENTO

 Para tirar a primeira via, após informar a Unidade Federativa em que reside, você será informado sobre os documentos necessários (selfie segurando um documento de identificação; comprovante de residência atualizado; e certificado de quitação de serviço militar, para homens de 18 a 45 anos).

Na página seguinte, em “Título de eleitor”, selecione a opção “Não tenho” para prosseguir o atendimento. Os dados informados serão analisados pela Justiça Eleitoral, e o acompanhamento pode ser feito aqui.

Os que desejam realizar alguma alteração no cadastro eleitoral, devem, antes de tudo, conferir a situação junto à Justiça Eleitoral, neste link. Em seguida, no sistema Título Net, insira as informações e os documentos solicitados e acompanhe o requerimento.

 Outra forma prática de consultar eventuais pendências junto à Justiça Eleitoral é o aplicativo e-Título. A ferramenta também é utilizada como título eleitoral digital, substituindo o documento em papel no dia das eleições. Basta fazer o download gratuito em telefones celulares ou tablets de qualquer plataforma.

Temperatura deve cair no Sul, Sudeste e Centro-Oeste>
Novos semáforos serão instalados em cruzamentos de Três Lagoas>
Dia D de vacinação em Andradina>
Provas do concurso da prefeitura de Andradina tem três períodos >
Arsae realiza processo seletivo para cadastro de reserva de estagiários em Andradina>
Nota Fiscal Paulista tem mais de R$ 8 milhões para vencer, veja como resgatar>