Com 74% da população vacinada, atendimentos de Covid diminuem em Andradina

Da redação com Assessoria de Imprensa, em18/10/2021
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A significativa redução de casos de Covid 19 na cidade e consequente diminuição do fluxo de pessoas a serem atendidas pela equipe do Centro de Atendimento Covid (CAC) é a grande notícia deste mês de outubro, conforme informa a Prefeitura. 
 
A Secretaria Municipal de Saúde emitiu um relatório de atendimento no CAC, instalado no prédio do Centro de Hemodiálise da Santa Casa de Andradina), que aponta para uma grande redução no número de atendimentos para pacientes com suspeita de Covid nesse local.
 
No mês de junho o número de atendimentos Covid no local foi 1.821 e 75 casos de internação. Em julho o número de atendimentos no local foi 1.149 e 36 casos de internação. Em agosto o número de atendimentos foi de 700 e 12 casos de internação. Em setembro houve a grande queda e o número de atendimentos Covid no local, que foi de 359 e apenas 9 casos de internação. Até sexta-feira (15/10), outubro registrou 193 atendimentos com 3 internações. “Observamos não só uma expressiva diminuição dos atendimentos CAC como também a menor gravidade dos casos”, explicou o secretário de Saúde Dr João Leme.
  
Vacinação
Para o secretário de Saúde de Andradina, Dr João Leme, a redução dos casos são reflexos diretos do avanço da vacinação contra a Covid-19 em Andradina. “A vacinação é o grande diferencial no combate à essa Pandemia.  Até o dia de ontem foram realizadas um total de 84.964 e com isso atingimos 74% da população maiores de 12 anos, com duas doses. “Número maior do que a média no Brasil”, disse João Leme.
 
A redução no atendimento também refletiu na redução de profissionais e hoje o CAC funciona com menos da metade de profissionais. Este mês também foi desativada a usina de oxigênio que serviu o CAC e a Santa Casa de Andradina, durante os meses mais críticos.
 
Os números da vacinação
- 12 a 17 anos: 72% foram vacinados com a primeira dose.
-18 a 59 anos 94% receberam a primeira e de segunda dose.
-maiores de 60 anos: 100% vacinados com a primeira e segunda dose e entrando na terceira dose.
 
“Os profissionais do CAC, UPA e UBSs já receberam a terceira dose e na próxima semana os profissionais da Santa Casa receberão a terceira dose. Lembrando que para a terceira dose é necessário ter passado um intervalo de 6 meses ou mais da segunda dose”, explicou.
 
Faltosos

O número de pessoas que que não compareceram até a última sexta-feira (15) para a segunda dose é de 4.207, todos com idades de 18 a 59 anos.
 
“Este comportamento ainda coloca em risco nossa comunidade e os próprios não vacinados da segunda dose. Gostaríamos muito que Andradina tivesse um final de ano diferente do ano passado e gostaríamos da colaboração de todos para isso”, finalizou.

Compartilhar:
Facebook Tweet

Veja Mais