Suíno: poder de compra cresce no mês, mas ainda está menor que o verificado há um ano

Soboi.com.br, em20/08/2021
Foto de Saraí Zuno no Pexels

Foto de Saraí Zuno no Pexels

 O poder de compra de suinocultores independentes frente aos principais insumos da alimentação – milho e farelo de soja – vem aumentando neste mês de agosto frente ao anterior, mas ainda está abaixo do verificado há um ano. Segundo pesquisadores do Cepea, apesar de os preços do milho e do farelo de soja continuarem em alta, os do suíno vivo também avançam, e de forma mais intensa.

Assim, cálculos do Cepea mostram que, na parcial de agosto (até o dia 17), o suinocultor da região paulista consegue adquirir 4,34 quilos de milho com a venda de um quilo de suíno, 3,6% a mais que em julho/21, mas ainda 43,9% abaixo do volume possível de ser comprado em agosto/20. Na comparação com o farelo de soja, o produtor paulista pode adquirir 3,14 quilos do derivado com a venda de um quilo do animal, 5,3% a mais que em julho, mas bem menos que em agosto (-18,3%) do ano passado. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Compartilhar:
Facebook Tweet

Veja Mais