Promoção Social faz apelo para doação na hora da vacina

Da redação com Agência Brasil, em18/06/2021
Divulgação/Secom

Divulgação/Secom

A secretária de Assistência Social e Política Sobre Drogas, Silvana Silva está fazendo um apelo aos andradinenses a colaborarem com a campanha “Vacina Contra a Fome”, desenvolvida pela secretaria em parceira com o Fundo Social de Solidariedade e a Secretaria de Saúde de Andradina. A ação convida cada pessoa apta a se vacinar contra a COVID-19 a doar ao menos um quilo de alimento não perecível nos municípios participantes.

O objetivo da campanha é beneficiar famílias carentes e com déficit nutricional durante o enfrentamento da pandemia do coronavírus.

“Esse programa incentiva as pessoas que vão se vacinar a doar alimentos não perecíveis, preferencialmente ítens da cesta básica como arroz, feijão, macarrão e também café e leite em pó”, afirmou Silvana.

A secretária afirma que a participação daqueles que estão sendo vacinados é absolutamente espontânea, mas é fundamental neste período em que as famílias estão bem fragilizadas. “Doa quem pode e quem quer, mas temos nessa doação um gesto de solidariedade para quem mais precisa”, reforçou Silvana.

Com esse apelo público a secretária quer incentivar a sociedade a contribuir com essa ação de combate à fome, garantindo a segurança alimentar das muitas famílias em situação de vulnerabilidade social.

Vacina

Até o momento a secretaria de saúde já aplicou 28.971 doses da vacina. Sendo 19. 155 da primeira dose, se aproximando de 50% do público alvo que é de pouco mais de 44.000 pessoas maiores de 18 anos. 9816 pessoas já tomaram a segunda dose.

Para se ter uma ideia do movimento, ontem 17, 697 pessoas passaram pelos postos instalados na Casa da Amizade e na Secretaria de Saúde.

“Nossos voluntários estarão sempre nos dois postos em todos os dias de vacinação. Para doar não precisa esperar um dia certo da semana mas sim todos os dias”, disse Silvana.

Compartilhar:
Facebook Tweet

Veja Mais