Andradina suspende cobrança na área azul por 30 dias

Da redação com Assessoria de Imprensa, em04/05/2021
Foto: Secom/Andradina

Foto: Secom/Andradina

Ganhe R$ 450 em cápsulas de café na compra da sua máquina Nespresso

O prefeito de Andradina, Mário Celso Lopes decretou a suspensão da cobrança do estacionamento rotativo nas ruas que compõem a “zona azul” por 30 (trinta) dias.

O decreto entrou em vigor nesta segunda-feira (3) data de sua publicação no Diário Oficial Eletrônico.

A decisão é baseada no Decreto Municipal nº 7.157 de 26 de março de 2021 que declarou estado de Calamidade Pública em Andradina em decorrência da pandemia da Covid 19.

Mudanças

O processo de encampamento da Zona Azul em Andradina continua acontecendo. A empresa Andrapark, detentora do contato atual (nº 135/2018) teve vários pontos considerados irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. O TC/SP reprovou contrato e afirma que existe “prejuízo” ao erário público e à economia popular.

Pela concessão a prefeitura recebe apenas 13,11% sobre a receita bruta da Zona azul e ainda sem ter um mecanismo eficiente parta dar transparência e até mesmo fiscalizar o valor do repasse, que é calculado em cima do que a empresa receberia. Em um valor estimado mensal, os repasses à prefeitura são de R$ 30.086,30 (trinta mil, oitenta e seis reais e trinta centavos).

A prefeitura vai assumir a popular “zona azul” para torna-la mais eficiente para motoristas, lojistas e consumidores do comércio da área central da cidade. A prefeitura quer atender com justiça os motoristas e fazer com que o dinheiro pago fique no município e que seja utilizado na melhoria do trânsito da cidade.

Compartilhar:
Facebook Tweet

Veja Mais