Sincomércio entrega proposta para o fim da semana inglesa no comércio de Andradina

Fonte: SECOM - Secretaria de Comunicação Social, em05/02/2021

Promoção: Maquinha SumUp com frete grátis e 5% de desconto!

Em nome de maior autonomia dos comerciantes e até pela “sobrevivência” do comércio tradicional, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Andradina, Luiz Antônio Públio entregou ao Prefeito Mário Celso L0pes um anteprojeto de lei que pode significar o fim da semana inglesa para o comércio da cidade.

“As lei mudaram e hoje existe entendimento de que o comerciante tem a autonomia de trabalhar nas datas que lhe convirem, sem que isso precise de autorização da Prefeitura. Isso vem acontecendo em várias cidades do Brasil e temos que seguir essa mudança”, disse Públio.

Também participaram do encontro Carlos Roberto Mazotti tesoureiro do Sincomércio e do Advogado Luiz Alberto. 

“A lei proposta pelo Sincomércio muda o Código de Posturas de Andradina, que há 40 anos instituiu a conhecida semana inglesa no comércio tradicional de Andreadina. Esse é um desejo dos comerciantes para se adequar a uma nova realidade, que já é praticada em redes mercadistas e em shopings centers. Sabemos que Andradina sempre foi uma cidade eminentemente comercial por ser a cidade com o comércio mais bem estabelecido da região e essa proposta merece uma atenção especial do município”, disse o prefeito Mário Celso Lopes.

Luiz Públio afirma que o Brasil é reconhecidamente como uma economia aberta, de mercado e neste aspecto ter uma lei que restringe o funcionamento do comércio há 40 anos é inadmissível. O Sincomércio tem sido bem atuante na conquista do apoio dos comerciantes para que o comércio tradicional possa se adaptar a esse novo tempo. “Essa alteração poderá se revelar fundamental para a recuperação econômica em tempos de pandemia, nisso eu acredito firmemente”, afirmou.

Após a apresentação do anteprojeto, o prefeito Mário Celso afirmou que vai enviar um projeto com o mesmo teor para votação pela Câmara de Vereadores de Andradina. “Isso é uma maneira de maximizar o atendimento em nosso comércio e tenho certeza que será muito positivos os efeitos dessa nova lei para a economia do município”, finalizou o prefeito. 


Veja Mais