Castramóvel terá que passar por readaptação

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em18/12/2019

AULAS DE INGLÊS GRATUITA NO YOUTUBE: ASSISTA AGORA >>

A Secretaria de Saúde e Higiene Pública do Governo de Andradina através da Unidade de Vigilância de Zoonoses emitiu informações a população sobre a unidade do Castramóvel do município.

O secretário de Saúde, Farid Hadad, durante reunião nesta terça-feira (17), explicou em entrevista aos radialistas que o veículo destinado a cidade de Andradina não foi aprovado pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária. Ele ressalta ainda que segundo o Conselho, nenhuma cidade da região que recebeu a unidade também teve o Castramóvel aprovado.

Farid comunica que o Governo de Andradina já estava atuando em outras frentes para oferecer o serviço de castração em cães e gatos. A primeira é uma parceria através do Ciensp (Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste Paulista) com a Fundação Educacional de Andradina para a castração dos animais no hospital veterinário, que deve se iniciar já no início do próximo.

A outra ação é a utilização do próprio setor de Zoonoses, que em janeiro já vai começar a fazer as operações. “Também vamos iniciar o processo para a adaptação da unidade, que provavelmente em abril deve estar disponível para o atendimento móvel. Dependendo do valor, passará por processo licitatório”, elucida o secretário.

“O Governo municipal também já contratou um novo veterinário, através de concurso público, e ainda terá que encontrar uma alternativa para a camionete que guiará o Castramóvel, já que a unidade vem somente com o trailer”, completa Farid.

O veterinário responsável pelo setor de Zoonoses, Aziz Abdelnour, expõe que inicialmente serão feita 300 operações de castração de uma lista da Associação Protetora dos Animais de Andradina e Região (Apaar).

“Estamos também fazendo uma parceria com a Secretaria de Promoção e Assistência, para fornecemos a castração social”, finaliza Aziz que estava ao lado do novo veterinário da Prefeitura, Fabiano Cardoso da Silva e do secretário de Segurança Pública, o tenente-coronel Nilo Alves da Silva.



Veja Mais