Hormônio pode ajudar a reduzir o apetite por doces

Fonte: Da redação, em07/01/2016

AULAS DE INGLÊS GRATUITA NO YOUTUBE: ASSISTA AGORA >>

Estudos revelam que o FGF21 é capaz de controlar o desejo de comer doces e também reduz o consumo de bebidas alcoólicas. (Foto: Marjan Lazareviski/Flickr)

Em dois novos estudos, pesquisadores norte-americanos descobriram que um hormônio produzido pelo nosso fígado, chamado de fator de crescimento de fibroblastos 21 (FGF21, sigla em inglês), ajuda a regular a ingestão de açúcares em ratos, o que significa que eles podem ser a chave para controlar o apetite por doces e até mesmo a vontade de ingestão de álcool em seres humanos. As informações são do portal Pop. 

De acordo com Matthew Potthoff, farmacologista da Universidade de Iowa, o FGF21 entra na corrente sanguínea em resposta a níveis elevados de hidratos de carbono, e envia sinais ao cérebro para reduzir nosso apetite por doces. Em testes com ratos, os animais que receberam taxas extra de FGF21 comeram sete vezes menos que aqueles com a produção normal de hormônio. Para os pesquisadores, as análises representam um avanço na área médica para o tratamento da obesidade e da diabetes.

Em um estudo separado, conduzido por pesquisadores do Centro de Medicina da Universidade do Texas, a equipe descobriu que, além da redução do apetite por doces, o hormônio também exerce influência no consumo de álcool, diminuindo consideravelmente o desejo pelo mesmo. O que pode representar uma grande contribuição para terapias contra alcoolismo.


Veja Mais