Governo de Andradina é parceiro no Programa de Inclusão de Pessoas com Deficiência da Raízen e SENAI

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em29/10/2019

O cadastro acontece de terça-feira (29) a quinta-feira (31) das 8h às 16h30 na Secretaria de Promoção a Cidadania e Direitos que fica na Praça José Vieira “Praça Stella Maris

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

A prefeita Tamiko Inoue participou de reunião, na manhã desta quinta-feira (24), sobre a parceria do município no cadastramento do Programa de Inclusão de Pessoas com Deficiência da Raízen/SENAI para banco de currículos da empresa.

Realizado nas dependências da Raízen, o encontro definiu início do cadastramento do projeto. “É uma iniciativa que vem ao encontro do nosso plano de Governo, e colabora imensamente com nossa população. Acreditamos em ações que transformam vidas e essa é uma delas”, comentou Tamiko.

O Programa de Inclusão visa realizar um mapeamento de PCDs e posteriormente oportunizar cursos de qualificação profissional e formação com a possibilidade de inseri-las no mercado de trabalho.

Em Andradina, o cadastro tem início de terça-feira (29) à quinta-feira (31) das 8h as 16h30 na Secretaria de Promoção a Cidadania e Direitos, que fica na Praça José Vieira “Praça Stella Maris”. E continua na outra semana de 05 a 07 de novembro no mesmo local e horário.

“É interessante citar que há diversas formas de avaliação do PCD hoje em dia, então a partir dos 14 anos vamos cadastrar todos que estiverem aptos”, comentou a especialista do Senai/SP, Sônia Doná.

Sônia explicou que o cadastro é para todas as pessoas que apresentarem as seguintes deficiências: física, auditiva, intelectual, transtorno do espectro autista, visual - cego total, monocular, baixa visão, psicossociais - esquizofrenia, psicose, transtorno obsessivo-compulsivo, depressão, bipolaridade etc), reabilitados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e deficiência múltipla.

Os interessados devem levar os seguintes documentos: RG, CPF e laudo médico, se for o caso audiometria e relatórios psicológicos. “Porém, mesmo que não tenha algum documento, pode se cadastrar”.

Todos os cadastros realizados pelas especialistas do Senai/SP com o apoio do Governo de Andradina serão inseridos no banco de dados da empresa para identificar as experiências e habilidades dos interessados, para que, conforme houver vagas a serem preenchidas, os candidatos possam ser acionados pela área de Recursos Humanos.

Além da prefeita Tamiko, participaram os secretários de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Jane Martins, de Promoção a Cidadania e Direitos Humanos, Fabrício Carvalho, o responsável Social da Raízen, Rafael Vianna, do Senai/SP, a especialista em tecnologia, Ana Laura Utyama e o coordenador de relacionamentos, Carlos Antônio Gonçalves.

E ainda a responsável pela reabilitação profissional do INSS/Andradina, Grazielli Sanches, a diretora da escola Sesi, Cláudia Cristina da Silva Gonsales, a diretora da Apae, Lidia Nakaguma, a diretora da Apae/Pereira Barreto, Maria Aúrea Coraine Irikura, o assessor de Desenvolvimento Econômico de Pereira Barreto, Marcos Okajima acompanhado de equipe entre outras autoridades.

“Reunimos todos os setores mais envolvidos com o assunto das cidades de Andradina, Castilho e Pereira Barreto para alcançarmos um número maior de PCDs e assim aumentaremos também as possibilidades de inclusão e melhor qualidade de vida para todos”, destacou Rafael.


Compartilhar:

Veja Mais