Governo de Andradina com apoio do TG retira grande quantidade de lixo de córrego do Pereira Jordão

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em27/08/2019

Exército contribui com mutirão de limpeza e preservação ambiental

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: O milagre da manhã com super desconto!

A Secretaria do Meio Ambiente do Governo de Andradina realizou, na manhã desta terça-feira (27), limpeza no curso do córrego Pereira Jordão, a ação teve o reforço da parceria com o Tiro de Guerra 02/007 do município com seus 50 atiradores.

Foram retirados diversos tipos de resíduos encontrados ao longo do trajeto do córrego como garrafas pets, pneus, plásticos, eletrônicos, resíduos da construção civil e vários outros tipos de resíduos descartados pela população de modo inadequado, afetando a qualidade dos recursos hídricos e prejudicando o meio ambiente.

Aproximadamente 1 tonelada de resíduos foram retirados durante a limpeza. “A quantidade de resíduos retirados do córrego é alarmante, pois afeta diretamente a qualidade dos córregos e rios, os materiais inorgânicos encontrados levam dezenas e até centenas de anos para se decompor. Uma garrafa pet jogada na natureza, por exemplo, permanece impactando a natureza, vidas e o meio ambiente, por centenas de anos” destacou o secretário de Meio Ambiente Claudio Gotardo.

De acordo com Gotardo a proposta desta ação é continuar em outros córregos, além disso, os trabalhos com educação ambiental e fiscalização estão sendo intensificados para que toda a população coopere com o desenvolvimento sustentável do município.

O Governo de Andradina instalou e mantém no município Ecopontos para descarte de resíduos recicláveis, eletrônicos, volumosos, entre outros tipos de materiais que podem ser levados pelo munícipe de forma gratuita, além da coleta seletiva dos materiais recicláveis nos bairros, com a distribuição gratuita de sacos vermelhos específicos casa a casa. O Ecoponto Urbano que fica ao lado do Horto Educacional, no antigo prédio da Cobrac.

“Todas essas alternativas são para a população descartar de modo adequado os resíduos gerados. Não existem desculpas senão a pura falta de consciência para esta quantidade de resíduos neste córrego”, salientou.


Compartilhar:

Veja Mais