Festas juninas promovem interação nas escolas de Andradina

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em18/06/2019

Equipes educacionais dos sete Polos das escolas urbanas e rurais do município mantém viva a tradição do interior

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

Barraquinhas de pipoca, paçoca, pé de moleque, canjica, cachorro-quente, pamonha, curau, bolo de milho e arroz-doce, além de bandeirinhas e dança de quadrilha são alguns dos elementos que ajudaram a compor o arraial das festas juninas da Rede Municipal de Ensino do Governo de Andradina nos últimos dias.

As equipes educacionais dos sete Polos das escolas urbanas e rurais do município, crianças e familiares desfrutaram de momentos extremamente lúdicos de união, interação e confraternização ao participarem desta festa tão tradicional para o brasileiro que é a Festa Junina.

Na Terra do Rei do Gado a festa é apreciada por toda a população desde as escolas, setores de serviço e comércio, comunidades religiosas e até vizinhos que fecham a rua e montam seu próprio arraial, quem ganha com isso é a alegria, a diversão e a qualidade de vida que ocasiões assim proporcionam.

“A prefeita Tamiko Inoue faz questão de manter acesas as chamas tradicionais como das festas juninas, pois, são nesses momentos de descontração e entretenimento que as famílias se solidificam, aproximam e trazem efeitos superpositivos tanto para o ambiente escolar como familiar e também no social”, comentou a secretária de Educação, Lucilene Novais.

A temperatura amena nas últimas semanas favoreceu o uso dos trajes típicos e a presença em massa da comunidade que além de prestigiarem os filhos fortaleceram mais uma vez o elo com a escola.

No Brasil, as festas juninas foram introduzidas pelos portugueses no período colonial e, desde então, a comemoração sofreu influências das culturas africanas e indígenas e, por isso, possui características peculiares em cada parte do Brasil.




Compartilhar:

Veja Mais