Governo de Andradina é sede de discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular

Fonte: Da redação com assessoria de imprensa, em31/10/2018

Dos encontros serão enviados os relatórios finais dos seminários como contribuição para o MEC. Foto: Secom/Andradina

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: O milagre da manhã com super desconto!

Nesta semana o Governo de Andradina foi sede dos seminários referentes à BNCC (Base Nacional Comum Curricular).

A Diretoria de Ensino da Região de Andradina recebeu professores e colaboradores da rede municipal de ensino para discutir a garantia do direito de aprendizagem e desenvolvimento voltados para as competências gerais e específicas e habilidades dos componentes que seguem: matemática anos iniciais e finais; ciências humanas e da natureza, ensino religioso.

Na última quinta-feira (25), o Centro Cultural Pioneiros de Andradina e a EMEBI “Prof. Ondina H. de Castilho” receberam os seminários sobre ensino infantil.

O evento contou com a participação de gestores da educação de Andradina, Castilho, Murutinga do Sul, Guaraçai, Nova Independência, Itapura, Ilha Solteira e Pereira Barreto.

Na terça-feira (30) foi realizada a socialização dos relatórios sobre os seminários realizados na Câmara Municipal. O evento teve como público articuladores, professores, técnicos e gestores do Ensino Fundamental e da Educação Infantil de todos os 26 municípios da região.

Participaram a secretária de Educação, Lucilene Novais, o professor coordenador do núcleo pedagógico de matemática, Ricardo Alexandre Verni, que esteve representando a dirigente Regional de Ensino, Selênia Winter de Melo, a vice-prefeita e secretária de Educação de Guaraçaí, Marta Mendes, e a suporte técnico do Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) na região, Marli Alves de Macedo Giovanini, que esteve representando o presidente Luiz Miguel Martins Garcia.

Dos encontros serão enviados os relatórios finais dos seminários como contribuição para o MEC que elaborará Versão 2 do Currículo Paulista.

Base Nacional Comum Curricular

Válida para todo o país, o objetivo é garantir o direito de aprendizagem e de desenvolvimento para todos os alunos de 0 a 17 anos. É um documento normativo obrigatório que tem como princípio maior, a equidade social.

Compartilhar:

Veja Mais