Inauguração de nova UPA é um marco na Saúde de Andradina

Fonte: Secom/Prefeitura, em04/09/2018

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: Dica de leitura: SCRUM: A arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo. Compre agora!

O Governo de Andradina realizou o ato de inauguração da UPA24h (Unidade de Pronto Atendimento) “João Miguel” nesta terça-feira (04), no bairro Piscina. A unidade vai começar a funcionar a partir das 6h da manhã desta quarta-feira (05) na Rua Alagoas, 1041 (atrás do ginásio municipal “Agenor Francisco da Cunha”).

O ato contou com a presença da prefeita Tamiko Inoue, do vice-prefeito Pedro Bentivoglio (Pedrinho), do secretário de Saúde e Higiene Pública, Marcelo Gimenez. Participaram pela Câmara Municipal, o presidente do Legislativo, Raimundo Justino, e os vereadores Rodarte dos Anjos, Marcio Makoto, Joaquim Justino (Joaquinzão), Guto Marão, Carlos Alexandre Soares (Ceará) e Mario Henrique Cardoso, além da equipe da Saúde e outras autoridades.

Pela família do homenageado, popularmente conhecido como Joãozinho, a esposa Maria Aparecida Calestini e os folhos Cássia Maria Miguel e João Miguel Filho.


Tamiko agradeceu o apoio da Câmara e destacou que a Saúde do município vive uma nova fase de humanização e melhoria no serviço ofertado e que a UPA do Governo de Andradina vai ser um marco no atendimento à população.

“A nova unidade vai ter toda uma estrutura e equipamentos modernos, como por exemplo, um raio-x digital, para o melhor atendimento aos pacientes”, comenta Tamiko explicando a população que houve um atraso na entrega devido a um cenário nacional, e que houve esforços para que a unidade fosse entregue com a maior eficiência possível.

Além das equipes médicas existente no atual Pronto Socorro, haverá uma outra equipe especialmente dedicada ao atendimento de emergência, onde o paciente pode ficar estabilizado na unidade por 24 horas. “Serão um total de 6 médicos durante os turnos (um sempre exclusivo para a emergência), farmacêutico, além de toda equipe de enfermeiros e funcionários”, destaca o secretário de Saúde, Marcelo Gimenez.

“A população pode ficar tranquila, teremos uma nova estrutura e serviços mais modernos. Quanto ao transporte existe uma ambulância especialmente preparada, com todos os equipamentos de uma UTI, e o trajeto é de 2 minutos até a Santa Casa”, completa o secretário.

Na UPA também existirá o sistema de classificação de risco (Protocolo de Manchester), dando agilidade a quem precisa do atendimento com mais urgência.

“O tratamento deve ocorrer na unidade básica. A UPA será para casos de emergências, ou fora do horário de atendimento das unidades”, ressalta Gimenez destacando que a triagem no UPA terá um intercâmbio com o Programa Hora Certa, que ampliou o horário de atendimento de todas as Unidades Básicas de Saúde das 7h às 20h.

Recentemente uma equipe da UPA fez treinamento para a implantação e acesso ao portal da Central da Regulação da Oferta de Serviços de Saúde (CROSS)

Este serviço garantirá que a população tenha acesso sistemático a internações hospitalares tanto na Santa Casa local quanto em qualquer hospital do Estado de São Paulo que atenda a demanda do paciente atendido na UPA.

O sistema conta com a análise e regulação de médicos em uma central que fica em São Paulo, que fará a liberação da vaga mediante a solicitação pelo profissional que estiver atendendo o paciente no serviço de urgência.

“Existem casos, que a referência é Araçatuba ou outra cidade no Estado. Com a UPA este paciente já será encaminhado para o hospital de referência de acordo com a necessidade, também através de UTI móveis”, completa o secretário.

Na construção do prédio, no bairro Piscina, foram investidos quase R$ 2,5 milhões. Desse total, R$ 1,4 milhão foi de repasse do Governo Federal através do Ministério da Saúde e cerca R$ 900 mil de contrapartida do Governo de Andradina.

Homenageado


Nascido em 1922, Joãozinho mudou-se para Andradina em 1963, onde estabeleceu na rua Alexandre Salomão a Farmácia Moderna, e por 31 anos ininterruptos exerceu seu sacerdócio, com abnegação e desprendimento, sendo traço marcante de sua personalidade atender a quem quer que adentrasse em seu estabelecimento sem discriminação ou privilégio.


Foi casado com Maria Aparecida Calestini e teve quatro filhos: Maria Elizabeth Miguel, José Renato Miguel, Cássia Maria Miguel e João Miguel Filho.

Compartilhar:

Veja Mais