Tamiko recebe andradinense que conquistou medalha histórica para a natação brasileira

Fonte: Secom/Prefeitura, em30/08/2018

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: Dica de leitura: SCRUM: A arte de fazer o dobro de trabalho na metade do tempo. Compre agora!

A prefeita Tamiko Inoue recebeu, na manhã desta quinta-feira (30), o nadador andradinense medalhista de ouro no Campeonato Pan-Pacífico de Natação, Marco Antonio Ferreira Junior.

Acompanhado dos pais Maria S. da Silva e Marco Antonio Ferreira (Belina), o atleta que atualmente defende a equipe do Minas Tênis Clube, contou sobre as experiências nas competições internacionais.

Também estiveram presente o secretário de Esporte, Lazer e Juventude Manoel Messias, o ex-técnico do atleta, o professor Jonilcio Avelino dos Santos (Careca), o presidente da APAN Aparecido Carlos Pereira, e representando o Andradina Tênis Clube, o presidente Airton Soares de Oliveira.

“O esporte é uma ferramenta importante para que nossos jovens cresçam no caminho certo e é um prazer imenso saber que nossa cidade é um berço de talentos, que estamos bem representados lá fora”, comentou a prefeita Tamiko Inoue.

Marco Antonio foi revelado na natação de base do ATC/APAN em um trabalho de parceria com o Governo de Andradina, e representou a equipe dos 7 aos 16 anos. Em 2015 nadou por Presidente Prudente, em 2016 pelo Corinthians Paulista do Parque São Jorge e desde 2017 vem defendendo a equipe mineira.

“Ficamos orgulhosos por ver que a nossa parceria com o ATC e a APAN vem dando certo, ele conquistou a medalha de ouro na segunda competição mais importante do mundo e isso é fruto de um bom trabalho entre todas as partes”, explicou Manoel Messias.

Quem também já conquistou a mesma medalha e na mesma competição, foi o nadador Ricardo Prado, também andradinense, na década de 80.

CARREIRA

Após o bom rendimento no Troféu Maria Lenk, no Rio de Janeiro, Marco foi convocado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) para compor a seleção brasileira principal de natação.

Competiu no Sulamericano de natação em Cochabamba-Bolívia. Competiu na Itália e França. E no período de 09 a 12 de agosto participou do Campeonato Pan Pacífico de natação em Tóquio no Japão. Essa que é considerada a segunda melhor competição do mundo, ficando atrás só das olimpíadas.

No dia 11 de agosto junto com mais três nadadores brasileiros eles foram campeões mundial do revezamento 4 x 100 metros Livre. Conquista histórica, pois é a primeira vez que o Brasil conquista uma medalha de ouro nessa competição. Seu principal objetivo participar da olimpíada de Tóquio no Japão em 2020.

Compartilhar:

Veja Mais