Jovem morre por complicações da dengue e é enterrada em Mirandópolis

Fonte: Da redação, em14/01/2016

Renata Gaudêncio passou mal no dia 6 de janeiro, em Foz do Iguaçu (Foto: Reprodução/TV TEM)

O corpo de uma jovem de 27 anos foi enterrado nesta quarta-feira (13), em Mirandópolis (SP). Ela morreu na segunda-feira (11), em Foz do Iguaçu (PR), onde morava, por complicações da dengue. Segundo o Departamento de Saúde da cidade paulista, as chances de ela ter sido infectada em Mirandópolis é grande. A vítima era do município e passou as festas de final de ano com a família.

O velório ficou lotado de parentes e amigos inconformados com a morte da agente penitenciária Renata Gaudêncio, que começou a passar mal no dia 6 de janeiro, em Foz do Iguaçu, onde morava há quatro anos.

Ela morreu depois de ficar dois dias internada com sintomas da dengue, em um hospital da cidade. Os médicos fizeram um teste rápido de dengue na paciente, pouco antes de ela morrer e o resultado foi positivo.

Leia a matéria completa >>

Compartilhar:

Veja Mais