Colisão entre caminhão e ambulância mata 3 pessoas

Fonte: Da redação, em10/11/2015

Eliane Vieira da Silva é uma das vítimas (Foto: Reprodução/TV TEM)

Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas na colisão de uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde de Pereira Barreto em uma carreta na noite de domingo (8), na rodovia Feliciano Sales Cunha (SP-310), no município de Santa Adélia (a 232 km de Araçatuba). O veículo transportava pacientes que seguiam para São Paulo, em consulta médica, e acompanhantes. As informações são da Folha da Região de Araçatuba.

Morreram Eliane Vieira da Silva, 36 anos; o aposentado David Braúna, 70; e Reinaldo Luís da Silva, 72. Segundo a Prefeitura de Pereira Barreto, uma mulher de 36 anos foi internada em estado grave no hospital Padre Albino, em Catanduva.

O motorista da van, de 53 anos, e outra passageira, de 44, também permaneciam no hospital, mas não corriam risco de morte. O outro passageiro, um auxiliar de serviços gerais de 20 anos, recebeu atendimento médico e foi liberado.

REBOQUE
Segundo o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu no quilômetro 354 da rodovia. A ambulância, uma van modelo Renault Master, seguia sentido a São Paulo. Ainda não se sabe por qual motivo, o veículo bateu na traseira de um reboque atrelado a um caminhão Mercedes-Benz pertencente a uma usina de açúcar e álcool com sede em Ariranha, que seguia no mesmo sentido de direção.

O caminhão era conduzido por um motorista de 43 anos, morador em Fernando Prestes, município a 250 quilômetros de Araçatuba. Ele não se feriu.

SOCORRO
Quando as equipes de resgate chegaram ao local, encontraram Elaine e David já sem vida. As demais vítimas foram levadas ao hospital de Catanduva. 

Após conclusão da perícia por equipe do IC (Instituto de Criminalística), os corpos foram removidos para o IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico e os veículos retirados da pista, que precisou ser temporariamente interditada.

Na manhã desta segunda-feira (9), a Prefeitura de Pereira Barreto emitiu uma nota sobre o acidente. O município informou que ainda aguardava informações oficiais da Polícia Militar Rodoviária sobre e que presta a assistência necessária aos sobreviventes e às famílias dos mortos, no que diz respeito aos serviços funerários.

"A administração municipal se une a toda população pereira-barretense neste momento de dor e sofrimento, desejando melhoras aos sobreviventes, e se solidariza com as famílias enlutadas", informa a nota. Foi decretado luto oficial de três dias no município em respeito às famílias.

SEPULTAMENTO
A empresa funerária responsável pelos trabalhos funerários informou, no final da tarde desta segunda-feira, que eles seriam velados no velório municipal, a partir das 20h. O primeiro a ser enterrado é o corpo de Braúna, às 9h desta terça-feira (10). Meia hora depois está previsto o enterro de Reinaldo e, às 10h, o de Eliane, todos no cemitério local.

Compartilhar:

Veja Mais