Funcionário de usina de 21 anos morre esmagado em esteira em Valparaíso

Fonte: Da redação, em24/09/2015

Leonardo Afonso Matos de Assis, 21 anos, que trabalhava como auxiliar de serviços gerais de uma usina de açúcar e álcool de Valparaíso teve o corpo esmagado e morreu ao cair em uma esteira utilizada para condução de cana-de açúcar na empresa.  As informações são da Folha da Região de Araçatuba.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 8h30 desta quarta-feira (23), quando o corpo foi encontrado dilacerado. Segundo outros trabalhadores, a vítima entrou às 22h de terça-feira (22) e encerraria o turno de trabalho na Unidade Univalem, do Grupo Raízen, às 6h desta quarta. 

RÁDIO
Por volta das 5h50, um operador de 49 anos chamou o rapaz pelo rádio, mas não obteve resposta. Às 8h30, um servente de 45 anos encontrou parte do corpo na esteira e avisou o operador, que desligou o equipamento. Ele realizou vistoria e localizou as partes restantes. 

Bombeiros de Araçatuba e o IC (Instituto de Criminalística) também foram acionados. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba.

SEPULTAMENTO
Leo, como era conhecido pelos amigos, era filho único. Casado há pouco mais de um ano, deixou a esposa grávida. O velório será realizado no Velório Municipal de Valparaíso, a partir das 20h30. O sepultamento está marcado para 9h desta quinta-feira (24), no cemitério local.

ASSISTÊNCIA
Em nota, a Raízen afirmou que lamenta profundamente o ocorrido e informa que as causas da morte serão apuradas. "A empresa está prestando total assistência à família e está à disposição das autoridades competentes para os esclarecimentos necessários", destaca.

Compartilhar:

Veja Mais