Empresa é multada em R$ 360 mil ao ao queimar papéis e causar incêndio

Fonte: Da redação, em05/08/2015

Animais ficaram sem casa depois que queimada atingiu toda a área (Foto: Reprodução / TV TEM

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: 10% OFF na sua primeira compra na Icabelos! (Clique e use no carrinho cupom BOASVINDAS10 - até 31/12)

A Polícia Ambiental aplicou uma multa de R$ 360 mil para a empresa que seria a responsável por um incêndio na área do antigo IPA, em São José do Rio Preto. Documentos da construtora, foram encontrados queimados no local e um funcionário disse à polícia que colocou fogo nos papéis a pedido dos superiores. As chamas consumiram uma grande área na segunda-feira (3), equivalente a 100 campos de futebol. As informações são do porta G1/TV Tem.

Os responsáveis pela empresa, que não teve o nome divulgado, vão responder por crime ambiental, além de pagar a multa. O Ministério Público vai investigar os danos ambientais causados no local e saber se as entidades e órgãos responsáveis pela área estão cumprindo as medidas exigidas em 2013 para evitar que os incêndios aconteçam. “Há dois anos conversamos com as entidades que receberam a área depois da desativação do IPA e cobramos medidas preventivas, como manter o local limpo, vegetação baixa, ter vigilantes no local. Agora esse incêndio pode mostrar que as medidas não estão sendo tomadas ou não são mais suficientes”, diz o promotor.

Os bombeiros trabalharam durante cinco horas para controlar o incêndio. Um avião agrícola contratado pela Defesa Civil ajudou no combate as chamas. “Pedimos conscientização das pessoas, mesmo porque tivemos 100 mil litros de água consumidos para apagar as chamas e esse período também temos a falta de água como problema. Gastamos toda essa água para combater o incêndio que poderia ser evitado, além da poluição gerada”, afirma a Tenente do Corpo de Bombeiros Lidiara Lenarduzzi.

De acordo com a Tenente, o tempo seco de inverno e o vento facilitam as queimadas, por isso, é preciso redobrar a atenção e qualquer faísca pode provocar um incêndio. “Atear fogo já é crime e é importante ter a consciência de não utilizar o fogo para limpar pastos ou terreno”, diz a Tenente.

Compartilhar:

Veja Mais