Homem de 33 anos bate de frente com caminhão e morre carbonizado

Fonte: Da redação, em19/05/2015

Pereira seguia com um Palio, quando invadiu a pista contrária e bateu de frente com um caminhão. Facebook/Reprodução

Aquiles Alan Abreu Pereira, 33 anos, residente em Nova Independência, morreu carbonizado após o carro que conduzia bater de frente com um caminhão. O acidente aconteceu na madrugada de domingo (17), na BR-158, em Três Lagoas (MS). Ele era genro do presidente da Câmara de Nova Independência, Geraldo Juniti Oguri (PV). As informações são da Folha da Região de Araçatuba.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal de Três Lagoas, a colisão aconteceu pouco antes da 1h, no trecho da rodovia que é conhecido como anel viário, menos de um quilômetro após a ponte da usina hidrelétrica que divide os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

A vítima seguia com um Palio, sentido a Selvíria (MS). Por motivos a serem esclarecidos, invadiu a pista contrária e bateu de frente com um caminhão Volvo, com placas de Pardinho (SP), usado no transporte de madeira. Com o impacto, o carro pegou fogo, causando a morte de Pereira.

TRÂNSITO
O trânsito teve que ser interrompido temporariamente para o trabalho dos bombeiros. O corpo foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) e reconhecido por familiares. O enterro aconteceu na manhã desta segunda-feira (18), no cemitério de Nova Independência, com a presença de muitas pessoas.

Familiares e amigos prestaram homenagens a Pereira na página dele no Facebook. Segundo a imprensa de Andradina, além de ser genro de Oguri, ele assessorava os deputados estaduais Reinaldo Alguz e Evandro Gussi, ambos do PV.

Compartilhar:

Veja Mais