Calor chega aos 35°C e castiga moradores do noroeste paulista

Fonte: Da redação, em12/01/2015

Moradores de Rio Preto procuraram piscinas para se refrescarem neste calor (Foto: Reprodução/ TV TEM)

O forte calor castigou os moradores da região noroeste paulista no fim de semana. Apesar desta segunda-feira (12) tem amanhecido nublada e com temperatura por volta das 26°C, o fim de semana foi quente e os termômetros marcaram 35°C em São José do Rio Preto (SP) e região, mas a sensação térmica passava de 40°C. As informações são do portal G1/TV Tem.

Muita gente aproveitou para espantar o calor nas prainhas da região e centenas de turistas passaram por Sales (SP), no fim de semana. Longe da água, só mesmo um sorvete para refrescar. “Para mim é uma sensação acima de 50°C, muito quente e sem uma sombra e um sorvete é impossível aguentar esse calor”, o professor Manoel de Almeida Matos.

Com o calor de 35°C, havia poucas pessoas nas ruas e parecia que o asfalto estava pegando fogo. Quem se arriscou teve de se proteger. “Está difícil aguentar o calor, tenho 58 anos de idade e nunca vi um calor tão forte assim, só ficando debaixo da sombra”, diz o motorista  Adauto Aparecido Antônio.

Em Rio Preto, o sol estava tão forte que dava para ver o calor subindo do asfalto na BR-153. A piscina pública do ginásio Natalone ficou lotada no domingo (11) e também foi grande o movimento nas sorveterias.

Segundo os meteorologistas, uma forte massa de ar seco está impedindo a entrada de frentes frias que poderiam ajudar a regular a temperatura no estado.  O sol forte pode provocar queimaduras, envelhecimento da pele e doenças graves, como câncer. O dermatologista João Roberto Antônio orienta que é importante usar protetor, roupas e acessórios durante o verão. “Essa proteção, como o uso de bonés, de chapéu e de camiseta serve para a pessoa diminuir a área de passar o protetor solar e desse modo se proteger mais da exposição solar”, afirma o dermatologista.

Compartilhar:

Veja Mais