Van de Três Lagoas, bate e pega fogo e passageiros morrem carbonizados

Fonte: Da redação, em17/12/2013

Comerciantes reunidos em frente do Shopping Popular estão desesperados com a tragédia, enquanto a lista de vítimas ainda não foi divulgada oficialmente (Foto: Nelson Roberto/ Perfil news)

A delegacia de Polícia Rodoviária Federal de Bataguassu registrou um acidente, na região de Casa Verde que deve ser o maior com números de vítimas do ano na região. As informações são do portal Perfil News.

 

De acordo com informações, uma van que vinha do Paraguai com a destino a Três Lagoas transportava cerca de 11 passageiros, todos donos de Box do Shopping Popular da cidade. Era por volta das 03hs30 quando nas proximidades da Casa Verde o veiculo bateu frontalmente com um caminhão, explodindo violentamente e pegando fogo rapidamente. Os passageiros e o condutor não conseguiram sair do veículo e todos morreram carbonizados.

 

De acordo com informações extra-oficiais, o veículo tem capacidade de transportar 18 passageiros, mas para ter espaço para as compras, no momento havia 11 pessoas.

 

Até o momento, não há informações oficiais de quantas pessoas de Três Lagoas estavam na van, mas conforme informações colhidas pela reportagem, o veículo transportava aproximadamente 11 comerciantes.

 

HERÓI NA PISTA

O acidente foi flagrado pelo 1º sargento do Corpo de Bombeiros de Três Lagoas, Nascimento, que ao constatar que o carro era de Três Lagoas ficou extremamente chocado com a situação.

 

Por telefone, ele repassou algumas informações sobre a cena do acidente. “Quando avistei o fogo, na hora sai do carro para tentar ajudar, mas as labaredas estavam muito altas. É uma cena extremamente chocante. Não há como identificar ninguém, pois todos ficaram completamente queimados e desfigurados”, relatou Nascimento, afirmando que o filho dele era para estar na van.

 

“Na hora em que meu filho falou que iria viajar, me bateu um pressentimento ruim. Coisa de Deus mesmo. Foi quando falei que eu iria levá-lo de carro. Era para ele estar nesta van”, relata o bombeiro emocionado.

 

TRAJETO SEMANAL

A van seguia duas vezes por semana para o Paraguai, onde os comerciantes compravam produtos para serem revendidos no Shopping Popular.

 

A reportagem continua acompanhando o caso e em instantes divulgará a lista de todos os passageiros e fotos do local do acidente.

Compartilhar:

Veja Mais