Homem acusado de sequestrar a mulher e o filho é detido

Fonte: Da redação, em07/03/2015

A Polícia Civil de Andradina localizou, na noite desta terça-feira (15) o homem que havia sequestrado a mulher de 23 anos e o filho de 5 anos. As vítimas foram localizadas em uma casa da irmã do acusado, na cidade de Ouro Verde, região de Dracena. As informações são do portal Araçatuba News.


Pelo menos cinco policiais civis, juntamente com o delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Andradina, Tadeu Aparecido Carvalho Coelho, participaram da ação. Segundo o delegado, a mulher e a criança foram encontradas bem e sem qualquer ferimento.


Quando os policiais chegaram à residência, por volta das 18h, o acusado tentou fugir pelos fundos do imóvel, mas alcançado e detido.


RETIROU A QUEIXA

Vítimas e acusado foram levados à delegacia de Ouro Verde, onde prestaram depoimento. A jovem não quis representar contra o marido. “Ela foi convencida, por ele, a dizer que os dois haviam reatado”, disse o delegado.


O homem de 30 anos foi ouvido e liberado. Mesmo diante da negativa da mulher, o delegado explicou que houve o seqüestro, porém, sem cárcere privado, uma vez que as vítimas não estavam trancadas ou amarradas na casa.


O inquérito será conduzido pela polícia de Itapura. “O autor foi liberado, mas durante as investigações, o delegado responsável pelo caso poderá pedir a prisão temporária dele, uma vez que o sequestro ocorreu com violência e na presença de testemunha”, enfatiza Coelho.


REINCIDENTE

Ainda conforme o delegado da DIG, esta seria a quarta vez que a mulher briga com o marido e foge de casa, em Três Lagoas (MS), para se abrigar em Itapura. Os familiares do casal serão chamados para prestar depoimento na próxima semana.


SEQUESTRO

O sequestro ocorreu no início da madrugada desta terça-feira (15), quando o homem foi até o imóvel onde a vítima estava com o filho, em Itapura. Ainda de acordo com o parente, que preferiu não se identificar, o autor estava acompanhando de quatro homens e usou de violência para tirar as vítimas da casa.

Compartilhar:

Veja Mais