Preso confessa plano para matar juízes de Três Lagoas

Fonte: Da redação, em01/08/2012

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Três Lagoas prenderam nesta última terça-feira (30) Anderson Campos Silva, de 33 anos, em uma casa na Avenida Eloy Chaves no bairro Vila Nova. As informações são do Correio do Estado e Rádio Caçula.

 

Com a prisão de Anderson, a polícia descobriu um plano que seria executado nos próximos dias para matar juízes da cidade. Neste momento, a polícia investiga se as ações seriam feitas no Fórum local.

 

Anderson era foragido da Justiça e é conhecido nos meios policiais por possuir vasta ficha criminal com passagens por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

 

Mesmo em liberdade condicional, ele foi preso e autuado em flagrante por associação ao tráfico de drogas em 2009 durante a “Operação Festa”, quando participava de um evento regado à bebidas e drogas.

 

Na época, ele foi transferido para o Presídio Federal de Porto Velho (RO). No dia 14 de maio deste ano, passou para o presídio semiaberto de Três Lagoas e, em 17 de julho, fugiu.

 

Depois de 13 dias de investigações, a polícia recebeu uma informação de que Anderson havia escapado de Policiais Rodoviários Federais (PRF) durante uma abordagem seguida de perseguição na BR-262.

 

Ontem, a polícia localizou um GM Montana caído em um córrego às margens da rodovia e constatou que o motorista havia fugido deixando no interior do automóvel vários pertences pessoais. Neste momento, a polícia descobriu que se tratava de Anderson.

 

Ao ser encontrado, ele não resistiu à prisão e foi levado para o Presídio de Segurança Média (PSM) de Três Lagoas.

Compartilhar:

Veja Mais