Andradina integra Pantanal Paulista e é apresentada no Salão SP de Turismo

Fonte: Da redação com assessoria de imprensa, em01/07/2019

Andradina compõe a região turística Pantanal Paulista que busca atrair recursos e desenvolvimento

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

O Governo de Andradina através da Secretaria de Turismo participou do 18º Salão São Paulo de Turismo, realizado nesta semana na capital paulista.

O Salão SP promove e divulga com exclusividade as cidades turísticas do Estado de São Paulo. O maior evento de turismo do Estado traz demonstrações culturais e gastronômicas além de reunir gestores públicos, turismólogos, imprensa especializada, agentes e operadores de viagens em suas salas de congresso onde sempre são discutidos assuntos atuais do turismo com profissionais super-renomados.

Além de Andradina, os municípios de Castilho, Pereira Barreto, Ilha Solteira, Sud Mennucci, Suzanápolis e Itapura, compõem a região turística Pantanal Paulista que tem este nome estratégico no sentido de atrair os olhares do fluxo turístico da pesca.

Segundo explica o secretário de Turismo, Hugo Zamboni, as cidades do Pantanal Paulista estão realizando uma ação conjunta. “Foi criado material publicitário que mostra as belezas naturais, os serviços e como o turista pode aproveitar da melhor forma a região”.

“Atualmente a busca é pelo pantanal sul-mato-grossense, muito embora a pesca esteja cada vez mais restritiva e a logística seja muito maior, o que oportuniza o posicionamento da nossa região como um polo pesqueiro no interior paulista”.

Zamboni ressalta que essas cidades possuem em seu roteiro parques, praias, pesca esportiva, esportes náuticos, mergulhos e dezenas de passeios, além da deliciosa culinária do interior. “São todos municípios banhados pelo rio Tietê com oferta de peixes e características da fauna, flora e clima, que se assemelha ao Pantanal”.

A principal finalidade a composição do Pantanal Paulista, além da organização das ações de desenvolvimento do ambiente turístico, é o acesso a recursos estaduais e federais para o fomento da pasta.

Andradina já inicia os trabalhos para se posicionar como Município de Interesse Turístico, MIT. “Temos grandes chances de nos tornarmos uma estância após sua consolidação como sede de parque aquático termal de grande porte, e inclusive pretendendo ser um distrito turístico de acordo com propositura de Lei do Governo do Estado, que oferece incentivos de origem tributária para que cidades com potencial possam se desenvolver economicamente mais rápido”.



Compartilhar:

Veja Mais