Tamiko participa da abertura do 23° JORI

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em31/05/2019

O evento reúne atletas acima de 60 anos – crédito: Secom/Prefeitura

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

A prefeita Tamiko Inoue  participou da abertura da 23ª edição dos Jogos Regionais dos Idosos (JORI), no Ginásio Municipal “Antônio Ramon do Amaral”, em Santa Fé do Sul, nesta quarta-feira (29).

Com aproximadamente três mil pessoas acima de 60 anos, o evento vai até o dia 02 de junho e é uma iniciativa da Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo.

A delegação de Andradina é composta por 80 membros, entre atletas e dirigentes, e organizada pela Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude.

A cerimônia contou com a participação da prefeita Tamiko Inoue, da secretária de Promoção e Assistência Social, Sandra Regina, da coordenadora de Políticas para Idosos e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mirtes Kobayashi, além da chefe de delegação, Fernanda Modeneis dos Santos.

Os participantes vão disputar em sete categorias diferentes, divididas por faixa etária, em 14 modalidades, sendo: atletismo, bocha, buraco, coreografia, dama, dança de salão, dominó, malha, natação, tênis, tênis de mesa, truco, vôlei adaptado (prática ajustada para atender as necessidades dos atletas) e xadrez.

“É uma honra para todos nós podermos prestigiar o esforço e a garra de todas essas pessoas da melhor idade, que se empenham e dão o seu melhor. Desejamos que possam aproveitar da melhor forma e se divertirem. Mais que uma competição esse evento é um ato de socialização, entretenimento e amor aos idosos. Boa sorte e que vença o melhor” comentou Tamiko.

Os melhores atletas de Santa Fé estarão classificados para as competições estaduais que acontecem em Jundiaí, em novembro.

O secretário de Esporte, Manoel Messias, ressalta a parceria com as secretarias de Promoção Social e de Saúde e Higiene Pública que contribuem para que Andradina participe da competição. “Todos nossos atletas passaram por exames antes da competição, e tem todo apoio social e de lazer através do Centro de Convivência do Idoso”.




Compartilhar:

Veja Mais