Tamiko assinou contrato de 54 aparelhos de ar condicionado para escolas

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em02/04/2019

Ondina e Maria Vera já vão receber climatização. A expectativa é que até 2020 todas as escolas de ensino fundamental já estejam climatizadas

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: O milagre da manhã com super desconto!

A prefeita Tamiko Inoue assinou, na manhã desta segunda-feira (1), o contrato para aquisição de 54 aparelhos de ar condicionado para duas escolas do município.

As Escolas Municipais de Ensino Básico Integral Ondina Hofig de Castilho e Maria Vera Quental Tamai que atendem cerca de 570 alunos do primeiro ao quinto ano receberão os aparelhos.

“Fizemos esta economia não realizando o carnaval. A Educação é prioridade e com essa medida a expectativa é para ainda mais melhorias em toda rede de ensino”, comentou Tamiko.

Participaram do ato, o vice-prefeito Pedro Bentivoglio, a secretária de Educação, Lucilene Novais, o secretário adjunto, José Ricardo Calestini, além das diretoras das escolas Ondina, Denize Gonçalves e Maria Vera, Luiza Helena Marin Marini.

A compra para as duas escolas teve um investimento de R$ 149.685,00. A aquisição dos aparelhos aconteceu por meio de processo licitatório e a compra será adquirida através de recursos próprios.

A empresa AJV Ar Condicionado Eireli, do município de São José/SC, fornecerá seis aparelhos de 12.000 BTUs. Já a Temperclima Refrigeração Eireli-EPP, de Blumenau/SC, 47 aparelhos de 18.000 BTUs e dois de 9.000 BTUs.

Além do Ondina e Maria Vera, o Anna Maria Marinho Nunes também já conta com as salas de aulas climatizadas. O Governo de Andradina investe em material de qualidade, alimentação balanceada, capacitação de professores e o suporte necessário para o desenvolvimento infantil. “Inicialmente as escolas que já tem fiação elétrica preparada já estão recebendo os aparelhos. Serão feitas as adequações nas outras unidades e a expectativa é que até 2020 todas as escolas estejam com climatização”, comentou Lucilene.

Após o primeiro ano de mandato de Tamiko, os professores e toda equipe da Educação colocaram Andradina com um Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) comparado a países mais desenvolvidos do mundo. Em 2017, o índice subiu para 7,1, muito acima até da meta de 2021 que é de 6,8, sendo o maior salto da região.



Compartilhar:

Veja Mais