Andradina fecha 2018 com crescimento de 11% na geração de empregos formais

Fonte: Da redação com assessoria de imprensa, em28/01/2019

Dados do Caged mostram que o Andradina foi o que mais gerou emprego na região de Araçatuba – crédito: Secom/Prefeitura

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

O Governo de Andradina teve um saldo positivo de 11,3% na geração de empregos formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta última quarta-feira (23) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia do Governo Federal.

Em 2018, na cidade de Andradina foram criados 558 postos de trabalho, sendo 5.502 contratações contra 4944 demissões. Da região de Araçatuba, Andradina foi a que mais gerou emprego no período.

O resultado disso é um trabalho constante de diversas Secretarias, incluindo entre elas, a de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, que define ações e estratégias para o crescimento de ofertas de emprego.

Um dos projetos gerenciados pela pasta é o Emprega Andradina que é uma plataforma online que faz o elo entre o empregador e o empregado. Os interessados devem acessar o site do município -www.andradina.sp.gov.br - e no link “Emprega Andradina”, cadastrar o currículo online com os dados pessoais e competências para o cargo.

“A partir do cadastro existe uma intermediação de mão de obra integrando à demanda das empresas aos trabalhadores do município. Em 2018, foram 391 vagas preenchidas através do sistema”, comenta a prefeita Tamiko Inoue.

Outra importante parceria é o Banco do Povo Paulista (BBP) que só no ano passado emprestou R$ 1,5 milhão para cerca de 200 microempresários do município, como costureiras, cabeleireiros, assentados, pequenos produtores e todo cidadão que busca ter seu empreendimento.

O Governo de Andradina ainda mantém parceria com o Sebrai Aqui!, onde o posto de atendimento oferece orientação individual e coletiva para o fomento dos pequenos negócios locais. “Foram 1500 atendimentos ao empreendedor e 30 cursos técnicos oferecidos”, comenta o secretário de Desenvolvimento, Edson Luiz Benatti.

Em 2018, o Governo de Andradina também instalou a Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo), com faculdades de engenheira da computação, engenharia de produção, matemática e pedagogia. Duzentos alunos iniciaram os cursos oferecidos tanto no Ambiente Virtual de Aprendizagem como também no polo com computadores, impressoras e acesso à internet para as aulas não presenciais.

“Investimos muito na qualificação profissional, oferecendo diversos cursos como marcenaria, pintura automotiva, manicure e pedicure, corte e costura, entre outros”. Muitos, como a Escola de Eletricista são desenvolvidos no Núcleo Iniciação e Aperfeiçoamento Profissional (NIAP), que mantido pelo Governo de Andradina oferece estrutura para ensinar e garantir a recolocação no mercado de trabalho, finaliza Benatti.


Compartilhar:

Veja Mais