Jamil é condecorado com medalha “Antônio Joaquim de Moura Andrade”

Fonte: Redação, em07/07/2018

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: Seleção de Livros com no mínimo 30% Off - Impacto Saraiva

O ex-prefeito Jamil Ono recebeu, na noite desta última quinta-feira (05), da Câmara Municipal de Andradina o diploma e medalha de mérito “Antônio Joaquim de Moura Andrade” pelos relevantes serviços prestados a sociedade.

Jamil recebeu a maior honraria do município, que foi proposta por Cristiano Rodrigues de Oliveira, e aprovada pelo plenário ao lado da família, amigos e autoridades. Quem também recebeu a medalha foi o ex-diretor executivo da Fundação Itesp (Instituto de Terras do Estado de São Paulo), gestão 2010-2017, Marco Aurélio Pilla Souza.

A mesa diretora foi composta pelo presidente da Câmara, Raimundo Justino da Silva; o secretário de Esporte, Manoel Messias de Almeida, representando a prefeita Tamiko Inoue; o delegado Dr. Carlos Antônio Casati, representando o diretor do Deinter-10 Dr. Nelson Barbosa Filho; a capitã Lidiara Beatriz Kurachi Lenarduzzi, comandante do 20º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Andradina; o chefe de instruções do Tiro de Guerra 02-007, o subtenente Leonardo Massaaki Minakawa; o empresário e diretor do Sistema Regional de Comunicação, Nivaldo Bueno Franco da Rocha e a dirigente Regional de Ensino, Selênia Silvia Winter de Melo.

Andradinense filho de agricultores, Jamil nasceu na Fazenda Primavera. Estudou na USP, em São Paulo, onde se formou em Direito e Letras. Também cursou pós-graduação em literatura japonesa no Japão.

Foi vereador reeleito por três mandatos consecutivos (1997/2000, 2001/2002 e 2005/2008), período em que acumulou muita experiência em administração pública. É o primeiro prefeito reeleito na história do município (2009/2012, 2013/2016), transformando Andradina em um próspero polo regional.

Com Jamil, Andradina também foi apontada pela revista Exame como uma das melhores cidades para se viver com Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (Instituto de Longevidade Mongeral Aegon / Fundação Getúlio Vargas), onde o município figura entre as 40 melhores cidades do país (De 50 mil e 100 mil habitantes), para se envelhecer.

Além disso, Durante os oito anos de Jamil como prefeito, Andradina avançou em vários índices como o do instituto IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal), onde o município pulou 500 posições em sua gestão.

Destacam-se também os 93% da cidade de Andradina pavimentada, 97% da cidade de Andradina recapeada, a conquista do ICMS da Usina Hidrelétrica de Três Irmãos, conquista do PAC2 a maior obra da história do Município, expansão territorial em 60 alqueires do município, construção de 5 novas creches e reforma de 5 já existentes, aumento do ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de 4,9 para 6,3, reforma e ampliação dos postos de Saúde e criação da UAS Leste e Norte, criação do Parque Empresarial, Pavimentação do Distrito Industrial, reativação do Tiro de Guerra, avanço no campo esportivo culminando com a realização dos Jogos Regionais, entre demais conquistas.

Ele também teve todos os oito anos com contas aprovadas TCE/SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) deixando o município como Gestão "Muito Efetiva" do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEG-M), criado para avaliar a eficiência dos gastos públicos das cidades. Ou seja, soube fazer os investimentos necessários com o melhor uso possível dos recursos da cidade.

E a mais recente conquista é o Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal (IFDM) divulgado pela Revista Exame e Revista Época que coloca Andradina entre as 100 cidades mais desenvolvidas do Brasil, ocupando a 32º colocação, com dados de 2016, último ano de sua gestão.

Atualmente é membro conselheiro da APM (Associação Paulista dos Municípios), contribuindo para o desenvolvimento da Alta Paulista e região Noroeste e conselheiro da Federação das Associações Culturais Nipo-Brasileiras da Noroeste.

Compartilhar:

Veja Mais