Proerd forma alunos de escolas rurais do Governo de Andradina

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em30/11/2017

Um dos momentos mais especiais da formatura foi o ato de Juramento do Aluno e também a divertida dança com a presença do Leo, “o leãozinho” mascote do Programa. Foto: Divulgação/Prefeitura

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: 10% OFF na sua primeira compra na Icabelos! (Clique e use no carrinho cupom BOASVINDAS10 - até 31/12)

Os alunos das escolas rurais Romeu Martins de Planalto, João Carreira da Fazenda Primavera e Paulo Freire do Timboré, da Secretaria de Educação do Governo de Andradina participaram da formatura do segundo semestre do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência),  que aconteceu nesta quarta-feira (29) no Colégio Anglo.

Participaram da cerimônia, a secretária de Educação, Lucilene Novais dos Santos no ato representando a prefeita Tamiko Inoue, a coordenadora geral, Márcia Pugliese, a coordenadora de projetos, Gislene Ortiz, o secretário de Política Sobre Drogas, Sérgio Faustino Teixeira e a diretora do Colégio Anglo, Ivete Antonio.

E ainda, representando o comando do 28º Batalhão de Polícia Militar do Interior, o 1º Tenente Evandro Lopes; a coordenadora pedagógica da Escola Sesi, Regina Célia Veronense de Oliveira; e as diretoras das escolas, Romeu Martins, Geisa Sacco; Paulo Freire, Luiza Helena Marin Marini; e a vice-diretora do João Carreira, Andreia Moreti.

Os policiais, soldado Marcos Alexandre de Almeida e o cabo Felipe Arinos de Aguiar Gula realizaram a entrega de certificados aos 40 alunos da zona rural e ainda um para o destaque de cada turma pela melhor redação com tema sobre o que aprenderam com o Proerd.

Um dos momentos mais especiais da formatura foi o ato de Juramento do Aluno e também a divertida dança com a presença do Leo, “o leãozinho” mascote do programa que animou crianças, jovens e adultos, deixando o recado “Diga não as drogas”, de maneira lúdica e eficiente, marca registrada do Projeto.

O Proerd tem como base o DARE (Drug Abuse Resistance Education) e foi criado pela professora Rutty Hellen em conjunto com o Departamento de Polícia da cidade de Los Angeles, EUA, em 1983. Atualmente o Programa está presente nos 50 estados americanos, e em 58 países.

No Brasil ele chegou em 1992 através da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, sendo que desde 2002 se encontra em todos os Estados brasileiros.

Compartilhar:

Veja Mais