Tamiko participa de reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Tietê

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em07/10/2017

Reunião debateu solicitações de financiamentos do orçamento FEHIDRO 2017. Foto: Divulgação/Prefeitura

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: 10% OFF na sua primeira compra na Icabelos! (Clique e use no carrinho cupom BOASVINDAS10 - até 31/12)

A prefeita Tamiko Inoue participou, na manhã desta quarta-feira (04), de reunião do Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Tietê (CBH-BT) em Araçatuba acompanhada dos secretários de Meio Ambiente, Cláudio Gotardo e de Obras e Infraestrutura, Ernaldo Calvoso.

A assembleia geral reuniu prefeitos, representantes de entidades civis, dirigentes de órgãos estaduais e membros do Comitê na AEAN (Associação dos Engenheiros e Arquitetos da Alta Noroeste) que discutiram sobre solicitações de financiamentos do orçamento FEHIDRO 2017, sobre a deliberação de R$ 11,2 milhões para os projetos analisados pelas câmaras técnicas, além da apresentação de planos de demarcações, energia fotovoltaica para sistemas de saneamento entre outros assuntos.

“Andradina tem alcançado patamares de polo regional por nossa excelente localização e por todo o trabalho desenvolvido nos últimos anos, por toda essa responsabilidade fazemos parte das mais importantes associações como é o caso do Comitê onde participamos efetivamente de grandes projetos e conquistas para toda nossa região”, disse Tamiko.

O CBH Baixo Tietê foi instalado em agosto de 1994, em Assembleia realizada em Penápolis, sendo o segundo Comitê a ser criado no Estado de São Paulo, em atenção à demanda da sociedade civil. É composto por 45 membros que representam 42 municípios da foz do Rio Tietê.

Com área de 15.471 km² e 800 mil habitantes, a região do CBH-BT abrange as hidrelétricas de Nova Avanhandava e Três Irmãos, reunindo imenso potencial turístico e disponibilidade de água. É servida por rodovias, hidrovia e universalização do saneamento básico para 99,5% da população, com tratamento de 95% dos esgotos gerados.

Compartilhar:

Veja Mais