Hidrogel no pênis foi causa de morte de jovem no interior de SP, confirma IML

Fonte: Da redação, em28/07/2015

O jovem Yuri Mamede da Costa, que morreu depois de aplicar hidrogel no pênis, falava sobre uso de "bomba" para definir os músculos. Foto: Reprodução/Facebook

Laudo do Instituto Médico Legal, divulgado nesta segunda-feira (27), confirma que um jovem de 18 anos, identificado como Yuri Mamede da Costa, morreu após ter injetado hidrogel no próprio pênis, no interior de São Paulo. O garoto deve ser enterrado na próxima quarta-feira (29). As informações são do portal IG.

"Formou uma espécie de trombo nos vasos dele e esses trombos acabaram migrando para o pulmão", explicou ao iG o médico-legista Mário Marcos Abeid, responsável pelo laudo do óbito. "O histórico mostra que ele começou a sentir os sintomas quatro horas depois de ter aplicado. Não sabemos como ele adquiriu o produto."

Costa morreu na última sexta-feira (24) no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, cidade localizada a pouco mais de 300 quilômetros da capital paulista, de insuficiência respiratória  – e, possivelmente, embolia pulmonar. Ele foi internado às pressas no local, mas não resistiu à aplicação do produto, que se espalhou pelo seu corpo.

O objetivo do jovem, segundo o médico-legista, era mesmo o de aumentar o pênis, que ficou deformado após a aplicação do produto. "Estava bem inchado", contou Abeid. "Há descrição na literatura médica da aplicação do hidrogel em outras áreas do corpo, mas eu nunca tinha visto no órgão genital. É assustador, ninguém deve fazer algo assim."

Em sua conta no Facebook, o rapaz costumava publicar fotos mostrando os músculos. Em um dos posts, falou sobre o uso de 'bombas', como são chamados os hormônios para aumentar a musculatura.

Andressa Urach 
Outro caso notório envolvendo o uso de hidrogel foi o da modelo Andressa Urach, que, apos fazer uso abusivo do produto, chegou a ficar internada em estado grave no Hospital Conceição, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, no final de 2014.

Conhecida por ter sido vice-Miss Bumbum, a modelo havia aplicado cinco anos antes hidrogel para engrossar as coxas. Em julho de 2014, após complicações, Andressa passou por uma lipoaspiração para retirar o produto das pernas.

Ela chegou a ser liberada pelos médicos na ocasião, mas desenvolveu uma infecção e precisou voltar ao hospital meses depois, onde ficou internada por quase 30 dias. Em março deste ano, a modelo ainda passou mais dez dias internada para tratar de uma nova infecção.


Veja Mais