Justiça determina suspensão da greve dos coletores de lixo

Fonte: Da redação, em15/04/2015

Lixo está acumulado em bairros de Araçatuba (Foto: Reprodução/ TV TEM)

MUDANÇAS DE HÁBITOS, VÍCIOS E SAÚDE: Hipnose Clínica: atendimento em Andradina (SP).

A Justiça do Trabalho determinou nesta terça-feira (14) a suspensão da greve dos coletores de lixo em Araçatuba (SP), depois de mais de 20 dias de paralisação. Como não houve acordo entre coletores e empresa, a negociação agora será judicial e o julgamento do dissídio da categoria está marcado para a quinta-feira (16). As informações são do portal G1/TV Tem. 

Segundo a determinação, ate lá, todos os coletores devem trabalhar normalmente. A greve completou nesta terça-feira (14) 23 dias, com 30% de paralisação. O serviço parou em um sistema de rodízio, com a coleta ocorrendo na cidade toda, mas com uma demora muito maior. Isso resultou em toneladas de lixo acumulado nas ruas.

Na quinta-feira (16), depois da decisão judicial, a categoria faz mais uma assembleia para acatar ou não o que a Justiça determinar como aumento. Os trabalhadores pedem um reajuste de 11,73% no salário, mas a empresa que administra o serviço ofereceu 6,5%.

Além da greve, o sindicato dos coletores de lixo de Araçatuba entrou com uma ação no Ministério Público contra a empresa responsável pela coleta de lixo na cidade por ela ter contratado mais de 20 funcionários para fazer o serviço durante a greve na cidade. Segundo  o sindicato, esta prática de contratação descumpre uma das leis trabalhistas.

Compartilhar:

Veja Mais