Andradina faz entrega de caminhão prancha e trator para a Agricultura

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em07/04/2015

Prefeito Jamil recebe chaves de caminhão prancha e trator . Foto: Divulgação/Prefeitura

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: O milagre da manhã com super desconto!

O prefeito Jamil Ono (PT) recebeu na manhã desta segunda-feira (06) um caminhão prancha e um trator, ambos 0 km, de uma emenda vinda do deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB) através do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) do Governo Federal. Os veículos vão ampliar a frota do Governo de Andradina na Secretaria de Agricultura e Abastecimento.

O valor total dos dois veículos é R$ 282.400,00, sendo R$ 72.537,26 do montante de contrapartida do Governo de Andradina e os outros R$ 209.862,74 da emenda do deputado petebista. A empresa vencedora da licitação do trator no valor de R$ 114.400 foi a Ipanema Tratores Ltda., com contrapartida de R$ 29.384,78. Já do caminhão prancha no valor de R$ 168.000,00 a vencedora foi a Aoki Ltda., com R$ 43.152,48 de contrapartida de Andradina.
Participou da entrega do veículo o secretário da pasta, Nino Spegiorin, o assessor do deputado Arnaldo Faria de Sá, Wilson Souza, o Fred, o engenheiro da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, Wilian Santos e o representante da empresa Ipanema Tratores, Paulo Henrique Pereira Silva.

O prefeito destacou a agilidade e a economia que o caminhão vai proporcionar nas prestações de serviço à comunidade andradinense, especialmente no campo, já que Andradina é uma cidade central de assentamentos.

“O transporte dos tratores feito através do caminhão prancha até os locais do serviço vai proporcionar economia de tempo e dinheiro e manutenção do próprio maquinário que não vai ficar andando sem trabalhar”, explicou Jamil.

Nino destacou os benefícios do novo trator para a Secretaria. “É um trator de 110 cavalos que vai servir para os serviços de recuperação de áreas de degradadas por causa das erosões e na aplicação de calcário para a correção do solo e demais serviços”, finalizou. 

Compartilhar:

Veja Mais