Justiça começa a ouvir testemunhas do caso de adolescente mortas

Fonte: Da redação, em07/03/2015

Foto: Reprodução

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: O milagre da manhã com super desconto!

A Justiça de Pereira Barreto começou a ouvir recentemente as testemunhas envolvidas no caso do vendedor Edson Francisco de Souza, de 38 anos, acusado de estuprar e assassinar as adolescentes Yara Barbosa, 14, e Jhenifer Naiara da Silva, 13, em abril do ano passado, em Andradina. Com informações do Jornal Folha da Região de Araçatuba.

 Souza, que confessou o crime, permanece preso. O processo tramita na 1ª Vara Criminal da cidade e segue em segredo de Justiça.

Conforme apurado pelo jornal Folha da Região, já foram ouvidos o delegado Tadeu Coelho, titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Andradina, responsável pela investigação que resultou na prisão do acusado no dia 27 de abril, em Cianorte (PR), das mães das duas adolescentes e de uma testemunha.

Uma nova audiência deve ser marcada para uma quinta testemunha, também de acusação, ser interrogada. Só depois dessa etapa serão ouvidas as testemunhas de defesa. Em julho do ano passado, a Justiça acatou denúncia do Ministério Público contra o vendedor por estupro de vulnerável e duplo homicídio. Souza deve ser levado a julgamento popular, sem prazo para ocorrer.

Compartilhar:

Veja Mais