Andradina presta atendimento à família com casa incendiada

Fonte: Da redação com Assessoria de Imprensa, em13/02/2015

Secretária de Promoção e Assistência Social, Elaine Voguel, acompanha família que teve casa incendiada

LEITOR ANDRAVIRTUAL TEM DESCONTO ESPECIAL: O milagre da manhã com super desconto!

O Governo de Andradina através da Secretaria de Promoção e Assistência Social e a Coordenadoria de Defesa Civil prestou serviço imediato a uma família que teve sua casa queimada na madrugada desta sexta-feira (13) no bairro Stella Maris.

A secretária, Elaine Voguel, e sua equipe estiveram no local e acompanharam todo atendimento à família, que tem cinco integrantes.

“Assim que soubemos iniciamos o trabalho de suporte ainda na madrugada e já providenciamos a locação de um imóvel para que a família tenha um abrigo. Também vamos à busca de donativos, já que a família perdeu grande parte dos móveis roupas e eletrodomésticos no incêndio”, explicou a secretaria.

Segundo o coordenador municipal da Defesa Civil, Júlio Cesar de Souza, o município fez inclusive o acompanhamento de dois membros da família ao Pronto Socorro devido á inalação de fumaça.

“Com o posicionamento do prefeito Jamil Ono (PT), criamos esta equipe de apoio para atendermos essas ocorrências seja de incêndio, enchente ou qualquer outro incidente que envolve as famílias andradinenses”, comentou Júlio.

A casa teve o telhado e boa parte da estrutura destruída. A promoção social já trabalha também para conseguir o material de construção para a reforma da residência. Elaine explica que quem quiser fazer doações à família deve procurar a Secretaria localizada na rua J.A. de Carvalho, nº 1173. Telefone (18) 3722 7259.

A família já vinha sendo atendida pelo CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do Governo de Andradina, que faz atendimento em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, destinada ao atendimento socioassistencial.

O principal trabalho exercido pelo CRAS é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), cuja execução é obrigatória e exclusiva. É um trabalho de caráter continuo que visa fortalecer a função protetiva das famílias, prevenindo a ruptura de vínculos, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida.

Compartilhar:

Veja Mais